meaningfull

random notes from our staff

Hoje, que o país não pode mais esconder a sua falência e que os políticos se culpam mutuamente da situação actual, é bom retermos porque e como se chegou a este Estado.

Metade da vida política vive de tráfico de influências; metade já para ser simpático. E muitas das vezes aconteceu-me, enquanto vereador da Câmara do Porto, ter reuniões com membros do Governo em que a primeira parte da reunião eram tentativas de influẽncia sobre o vereador do urbanismo da Câmara Municipal do Porto, portanto eu, no sentido de os favorecer no negócio A ou B, negócios de urbanismo que tinham na cidade do Porto.

Paulo Teixeira de Morais, ex-vereador da Câmara Municpal do Porto, pelouro de urbanismo, actual membro da Direcção da TI – Transparência e Integridade, Associação Cívica..

Lêr também a excelente análise de Pedro Bingre do Amaral, entregue na Direcção-Geral de Ordenamento do Território, no âmbito da discussão da nova Lei dos Solos..

E o resto é somente acessório e poeira para enganar parolos.