meaningfull

random notes from our staff

Neste ano que corre, a Humaneasy Consulting e a Fundação Friedrich Ebert organizaram um ciclo de eventos dedicados a vários aspectos da transparência e responsabilidade das organizações da sociedade civil. Apesar do esforço empreendido na sua divulgação, o interesse dos media foi muito escasso, dando a impressão de que só cobrem eventos que tenham nomes conhecidos.

Pois… Neste caso, não havia nomes muito conhecidos no “mercado” luso; até porque cá não se tem trabalhado a sério estes assuntos. Havia apenas alguns especialistas internacionais muito conceituados, como Marilyn Wyatt, consultora internacional, ou Nilda Bullain, coordenadora de um estudo europeu encomendado pela Comissão Europeia sobre o tema, além de uma quantidade de pessoas de cá e de fora que têm trabalhado no plano concreto ou investigado acerca do tema. Mesmo assim pensamos que valeu a pena.

pomba

No ano passado tivemos a oportunidade de colaborar n0 estudo da Comissão Europeia orientado pela Nilda Bullain. Infelizmente em Portugal não se estava a fazer nada de especial e só conseguimos obter alguma informação dos órgãos estatais já fora de tempo útil.

Nem comissões parlamentares nem deputados nos quiseram sequer receber para falar sobre esta matéria, mesmo com carta oficial referindo que estávamos a colaborar no estudo. O estudo não inclui portanto a apresentação desenvolvida de nenhum caso de Portugal, mas vale a pena consultar. Foi agora colocado à disposição na net e pode obter-se no site da ECNL.

Parece não existir, se exceptuarmos uma mão cheia de pessoas, grande interesse nesta coisa da transparência em Portugal.